SAIBA COMO PREVENIR
& CURAR DOENÇAS VASCULARES



Vivamus in urna pulvinar tortor dignissim imperdiet. Etiam sit amet luctus felis, a congue orci. Sed at luctus leo, vitae hendrerit sem. Duis feugiat cras amet. Praesent non arcu vitae ex vulputate sollicitudin. Sed hendrerit posuere metus eget vulputate. Etiam pellentesque enim urna, non iaculis nibh rhoncus at nullam.

CUIDE DA SUA CIRCULAÇÃO:

1. PARE DE FUMAR!
Mais de 300 pessoas morrem diariamente no Brasil vítimas das doenças causadas pelo cigarro, principalmente as doenças cardiovasculares, pulmonares e o câncer de diversos órgãos. Além do infarto cardíaco, os fumantes ainda sofrem maior risco de desenvolver Acidentes Vasculares Cerebrais (Derrame) e Trombose, com risco de perda dos membros. Leia aqui algumas dicas para parar de fumar.
2. PRATIQUE EXERCÍCIOS!
A prática de atividades físicas traz muitos benefícios ao organismo. Além do preparo cardio-respiratório, o fortalecimento da musculatura estimula a circulação, favorece o fluxo de sangue para os membros e ainda auxilia na prevenção da doença venosa. Investir 30 minutos diários já pode significar uma grande mudança.
3. CONTROLE OS FATORES DE RISCO
A doença cardiovascular está relacionada a doenças muito comuns na população, como a Pressão Alta, Diabete e o Colesterol Alto. A presença de placas de gordura nas artérias de qualquer local no organismo aumenta a chance de que ocorram em outros locais. Portanto, um paciente que já apresentou infarto cardíaco deve procurar um Cirurgião Vascular para avaliar a circulação das pernas, braços, rins, pescoço, etc.
4. MUDE SUA ROTINA
Permanecer mais de 6 horas em pé do trabalho diariamente, usar sapatos com saltos inadequados, realizar viagens longas permanecendo sentado por longos períodos são situações que aumentam o risco para algumas doenças vasculares. Saiba como melhorar.
fundo parallax
  • Na Clínica oferecemos procedimentos minimamente invasivos para tratar as doenças vasculares. Estas condições incluem varizes, aneurismas, tromboses e aterosclerose. Oferecemos ainda opções avançadas de tratamento no consultório, como laser, espuma e crioescleroterapia. A maioria dos procedimentos que oferecemos para remover veias danificadas não requerem uma internação hospitalar, anestesia geral ou cirurgia dolorosa. Isso significa que você normalmente pode retornar às suas atividades normais imediatamente, ou logo após, o seu tratamento. Nas doenças arteriais, utilizamos as técnicas de cateterismo sempre que possível, com mínimo tempo de permanência hospitalar e rápide recuperação.
  • Microvarizes A miniflebectomia ambulatorial é uma técnica cirúrgica minimamente invasiva usada para tratar varizes que não são causadas pelo refluxo da veia safena. A veia anormal é removida através de pequenas incisões. O procedimento é feito sob anestesia local ou sedação, e normalmente leva menos de uma hora. A recuperação é rápida, e a maioria dos pacientes não precisa interromper a atividade regular após flebectomia ambulatorial.
  • Espuma Algumas veias são muito grandes para injetar um agente líquido para selá-las com êxito. Nesses casos, a escleroterapia com espuma é usada com sucesso. Essa técnica pode ser realizada em varizes e vasinhos nas pernas, pés, braços e mãos. É um procedimento praticamente indolor, realizado no consultório. A anestesia não é necessária. Assim, após o procedimento, você pode dirigir de volta para casa. A maioria dos pacientes continua com sua rotina normal no mesmo dia que o procedimento.
  • Há vários tipos de laser disponíveis hoje. Um feixe de luz cria calor dentro das veias tratadas, levando ao seu selamento e reabsorção pelo organismo. Em geral, os tratamentos de laser são usados apenas para tratar vasinhos mais finose várias sessões costumam ser necessárias, a depender da extensão do quadro. Este procedimento também é geralmente realizado no consultório médico, sem a necessidade de anestesia, e o paciente pode retomar as atividades normais imediatamente após.
 

PLANOS DE SAÚDE